Nova Música Portuguesa

  1. JIMMY P - ESSÊNCIA
     

    JIMMY P - ESSÊNCIA

    Disponibilidade: Indisponível

    1- Intro 2- Essência feat .Terra Preta 3- Valer a pena 4- Entre as Estrelas feat. Diogo Piçarra 5- Skit 6- Não tás a ver 7- Tou numa 8- Má Vida feat. Fábia Maia 9- Tchill 10- Real Talk feat. Dji Tafinha 11- A Benção 12- Handz Up 13- Como tu Mais informação
     
  2. CAPICUA - SEREIA LOUCA
     

    CAPICUA - SEREIA LOUCA

    Disponibilidade: Indisponível

    CAPICUA - SEREIA LOUCA Mais informação
     
  3. CAPICUA - MEDUSA
     

    CAPICUA - MEDUSA

    Disponibilidade: Indisponível

    CAPICUA - MEDUSA Mais informação
     
  4. ANAMAR - Transfado
     

    ANAMAR - Transfado

    Disponibilidade: Indisponível

    1. EU NÃO SABIA
    2. SÓ ANA
    3. VOU NUM RIO
    4. OVELHA NEGRA
    5. O POBRE
    6. AMEN
    7. MARÉ CHEIA
    8. O MEU FADO
    9. PAÍS OCEANO
    10. INDEPENDENTE
    Mais informação
     
  5. ALINE FRAZÃO - INSULAR
     

    ALINE FRAZÃO - INSULAR

    Disponibilidade: Indisponível

    1. Insular 2. Só Silêncio 3. A Louca 4. A Som do Jacarandá 5. Império Perdido 6. A Prosa da Situação 7. Mascarados 8. O Homem Que Queria Um Barco 9. Langidila 10. Sol de Novembro 11. Susana Figura de proa da nova geração de músicos angolanos, Aline Frazão é uma das mais promissoras artistas do universo lusófono. Cantora, compositora, guitarrista e produtora, nasceu em Luanda em 1988 e por lá cresceu. Vive actualmente em Lisboa. Além do seu trabalho musical, a cantora faz parte do painel de cronistas do jornal Rede Angola. Estreou-se a solo em 2011, com “Clave Bantu”, um disco que conta com duas parcerias inéditas com os escritores José Eduardo Agualusa e Ondjaki. Em 2013 edita “Movimento”, álbum onde assume a produção e assina quase todas as canções, exceptuando um tema em se aventura a musicar um poema de Alda Lara e um outro em que partilha a autoria com Carlos Ferreira, poeta e jornalista angolano, e que, depois de ser editado no seu país natal e em quase toda a Europa, a levou a actuar um pouco por todo o mundo: Cabo-Verde, Quénia, Etiópia, Tanzânia, Alemanha, Brasil, Portugal, Suíça, Noruega, Áustria. Aline Frazão prepara-se agora para editar “Insular”, o seu terceiro disco de originais e um álbum que consolida definitivamente o seu espaço na nova música lusófona. Gravado na pequeníssima ilha escocesa de Jura, “Insular”, que conta com a produção do britânico Giles Perring e com a decisiva participação de Pedro Geraldes (Linda Martini), é talvez o momento mais marcante da carreira da jovem artista angolana. Aqui se fundem, de forma imprevista e surpreendente, acústica e aventureirismo electrico, calor do sul e paisagens sonoras do norte, num processo de quase mapeamento, onde Aline Frazão acaba por encontrar um espaço que é só seu e das extraordinárias canções que escreve ou das palavras de Ana Paula Tavares e da Capicua a que dá vida. Mais informação